017. Intelectuais, nacionalismo e democracia no mundo ibero-americano (século XX)

Coordinadores:

António Costa Pinto
Email: acpinto@ics.ul.pt
Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Portugal

Américo Oscar Guichard Freire
Email: AMERICO@fgv.br
Fundação Getúlio Vargas, Brasil

Francisco Carlos Palomanes Martinho
Email: fcpmartinho@gmail.com
Departamento de História da Universidade de São Paulo, Brasil

Resumen
Conceito polissêmico, nascido a partir do manifesto de Émile Zola, o conceito de intelectual ganhou, no século XX, formas variadas de análise e entendimento, obtendo, pois, aplitude e diversificação significativas. O presente simpósio temático tem por objetivo debater, no âmbito do XVII encontro da AHILA, as possíveis relações estabelecidas entre os intelectuais e os temas do nacionalismo e da democracia no mundo ibero-americano ao longo do século XX. Assim, seu papel como criador e mediador de valores será analisado tendo como referência as relações do intelectual com a política, a cultura e a sociedade. Preocupado em abarcar da forma mais ampla possível os diversos entendimentos do conceito de intelectual, este simpósio temático procurará apontar para as semelhanças e diferenças de seu processo histórico no mundo ibero-americano.

Zwischen Räumen