Springe direkt zu Inhalt

ESTUDO INÉDITO: Brasil, do flagelo da fome ao futuro agroecológico – Uma análise do desmonte das políticas públicasfederais e a agroecologia como alternativa

Notícias de 04.10.2022

Marco Teixeira e Eryka Galindo publicaram um novo artigo intitulado “Futuros imaginados: a agroecologia como referencial para uma nova geração de políticas públicas e ações coletivas“. O artigo foi escrito em co-autoria com Lara Sartorio Gonçalves (doutoranda em Sociologia pelo IESP/UERJ) e Paulo Niederle (Professor na UFRGS). O texto descreve e analisa as propostas do movimento agroecológico para a reconstituição e aprimoramento de políticas e instituições necessárias para o avanço da perspectiva agroecológica como enfoque para o desenvolvimento de sistemas alimentares socialmente justos, ecologicamente sustentáveis e culturalmente adequados.

O texto faz parte da publicação "Brasil, do flagelo da fome ao futuro agroecológico – Uma análise do desmonte das políticas públicas federais e a agroecologia como alternativa”, que conta com outro capítulo que analisa os principais atos de desmonte de políticas públicas federais de apoio à agricultura familiar, à agroecologia e à segurança alimentar e nutricional no país. Este trabalho foi escrito por Andréia Vigolo Lourenço (Doutora em Desenvolvimento Rural pela UFRGS), Catia Grisa (Professora na UFRGS) e Claudia Job Schmitt (Professora na UFRRJ).

O trabalho foi coordenado por Flavia Londres Viviane Brochardt, da Articulação Nacional de Agroecologia.

Você pode ler o artigo completo aqui.

1 / 43