Mexico, Guanajuato

Pesquisa

O LAI participa com sua agenda de pesquisa, para além dos estudos sobre América Latina, nos atuais desenvolvimentos dos Area Studies. No âmbito de seu programa de pesquisa “América Latina: entrelaçamentos e traduções” os pressupostos, as condições e a formação da modernidade latino-americana são examinados através de uma perspectiva descentrada, que privilegia a análise dos desenvolvimentos entrelaçados de sociedades europeias e não-europeias. Para o exame da diversa dinâmica transcultural dos movimentos sociais e dos processos de transformação político-econômicas foram estabelecidos ao lado de pesquisas centradas na transformação e transculturalidade, também outras, cuja atenção se volta aos processos de tradução como espaço de interface entre o campo das ciências sociais e os estudos culturais. Isso implica considerar o papel de outras regiões do mundo nessa dinâmica, assim como instituir um diálogo com outras perspectivas históricas e tradições de pesquisa científica. Nesse sentido, são perseguidas quatro estratégias de pesquisa:

  • Articulação entre Area Studies e disciplinas
  • Cooperação entre estudos da cultura e ciências sociais
  • Foco em processos de transformação, transculturalização e tradução
  • Perspectivação histórica e a abordagem de histórias entrelaçadas

Essas estratégias de pesquisa contribuem de maneira inovadora para superar a fragmentação disciplinar das pesquisas nos Area Studies, pois, ao mesmo tempo em que dão impulso a perspectivas de análise descentradas e interdisciplinares sobre desenvolvimentos historicamente entrelaçados, atêm-se também à especificidade das formas da Modernidade  em sociedades europeias e não-europeias, e isso para além das dicotômicas categorias centro e periferia.