Springe direkt zu Inhalt

Rubens Mascarenhas Neto

Freie Universität Berlin

Instituto de Estudos Latinoamericanos

Estudante de doutorado

EDUCAÇÃO

11.2019: Doutorando em Antropologia Social e Cultural - Universidade Livre de Berlim (FU-Berlin)

2015 – 2018: Mestrado em Antropologia Social – Programa de Pós-graduação em Antropologia Social (PPGAS), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

2011 – 2014: Bacharelado em Ciências Sociais – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Brasil

INTERESES DE PESQUISA 

Antropologia Social – Estudos Latino-americanos – Estudos Queer – Teoria Pós-colonial


EXPERIÊNCIA DE PESQUISA

10.2016 – 04.2017: Pesquisador Visitante em Birkbeck, Universidade de Londres/ Instituto de Gênero e Sexualidade de Birkbeck (BiGS)/ Centro de História Raphael Samuel (RSHC) (Londres, Reino Unido).

03.2015 – 02.2018: Pesquisador de Mestrado na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)/ Departamento de Antropologia (Campinas, Brasil)

04.2014 – 07.2014: Estudante Visitante na Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais (EHESS)/ Centro de Sociologia Europeia (CSE) (Paris, França).

08.2013 – 11.2014: Iniciação Científica na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)/ Departamento de Sociologia (Campinas, Brasil)

08.2012 – 07.2013: Iniciação Científica na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)/ Núcleo de Estudos de Gênero (PAGU) (Campinas, Brasil).


PESQUISA

Projeto: “Cabarés transnacionais: transpondo fronteiras de gênero, sexo, arte e nação”

Orientadora: Prof. Dra. Stephanie Schütze, Universidade Livre de Berlim

A proposta de pesquisa está preocupada em compreender as relações entre erotismo e exotismo em torno dos significados e usos das categorias de raça e nacionalidade no contexto da cultura dos cabarés transgêneros entre os anos 1960-1980 em Paris e Berlim. O escopo está primeiramente concentrado nos símbolos mobilizados acerca das artistas travestis brasileiras. A importância das artistas brasileiras no contexto das performances nos cabarés no período mencionado se deve à sua presença significante nestes espaços, e, mais tarde, no trabalho sexual. A pesquisa baseia-se em fontes documentais disponíveis em arquivos, entrevistas e observação participante nos cabarés que continuam abertos.

Artigos

Mascarenhas Neto, R. & Zanoli, V. (2016) “Escola, política, família e religião: disputas em torno da chamada ideologia de gênero”. Novos Debates - fórum de debates em antropologia, 2(1), pp. 77-81. Disponível em: http://novosdebates.abant.org.br/images/pdf/v2n2.pdf (Avaliado por pares)

Zanoli, V. & Mascarenhas, R. (2019). “We are favela: an ethnographic account on the production of identities, cultures and places”. In: Brunnström, P. & Claesson, R. (Eds) Creating the City: Identity, Memory and Participation. Conference proceedings (pp. 421-440). Malmö University Publications in Urban Studies - MAPIUS (23), Sweden. doi: 10.24834/2043/28212

Mascarenhas Neto, R. & Zanoli, V. (2019). "Black, LGBT and from the favelas: an ethnographic account on disidentificatory performances of an activist group in Brazil". Culture Unbound, 11(1), pp. 124-140. doi: 10.3384/cu.2000.1525.2019111124 (Avaliado por pares)

Dissertação de Mestrado

Mascarenhas Neto, R. (2018). “Da praça aos palcos: trânsitos e redes de jovens drag queens em Campinas-SP”. (Dissertação de Mestrado, Universidade Estadual de Campinas, Brasil). Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/331215